Fique Sabendo!!!

Casa-da-mãe-Joana

É um lugar em que todo mundo manda e faz o que bem entende.
No século XIV, Joana I, rainha de Nápoles, era a dona de Avignon, para onde fugira acusada de ter conspirado para a morte do marido. Venerada pelos habitantes locais, Joana governava Avignon. Foi ela que regulamentou os bordeis da cidade, estabelecendo que deveriam ter uma porta por onde todos entrariam.A partir daí, cada bordel ficou sendo chamado de "o paço da mãe (a dona da cidade) Joana", com o sentido de uma casa que está aberta a qualquer um.A expressão foi para Portugal e veio para o Brasil. Aqui a palavra "paço" pouco conhecida, foi substituída por casa.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Cheio de nove horas

Historicamente, nove horas (da noite) era quando as pessoas deviam se recolher para dormir. No século XIX, o regulamento do serviço policial do Rio de Janeiro e de outras cidades brasileiras estipulava que, depois das nove horas, "ninguém seria isento de ser apalpado e revistado".
Nesse mesmo século surgiu a expressão cheio de nove horas para designar o sujeito chatinho, cheio de regras.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Cor de burro quando foge

É uma cor estranha, indefinida.
A expressão é deturpação de outra, falada quando os animais andavam soltos nas cidades: "cor de burro quando (o burro) foge".

-------------------------------------------------------------------------------------------

Cuspido e escarrado

Significa "exatamente igual": "ela é a mãe cuspida e escarrada.
A expressão é deturpação de outra, que, esta assim faz todo sentido: "esculpido e escarrado".

-------------------------------------------------------------------------------------------

Dar na Telha

É ter vontade repentina. Como a telha fica na parte superior da casa, ele acabou sendo comparada á cabeça, o topo do corpo humano. Disso também é exemplo a expressão ter uma telha de menos, ser meio doido.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Dourar a pílula

A palavra pílula veio do latim pílula, bolinha. A pílula sempre foi considerada algo amargo e insuportável, daí a exclamação de aborrecimento ora pílulas!.
Dourara a pílula
é fazer o desagradável aparentar-se agradável. Bem antigamente, os boticários vendiam as pílulas embrulhadas num atraente papel dourado.Existia ate um aparelho chamado "Dourador de pílulas": uma caixinha com uma folha de papel dourado fino no fundo, onde era uma posta pílula. Em seguida, sacudia-se a caixinha, e o lindo papel dourado acabava embrulhando a pílula.
Esse costume de dourar a pílula existia em vários países, daí a expressão também aparece em inglês (to gild the pill), em Francês (dore La pilule) e em espanhol (dorar La pildora).

-------------------------------------------------------------------

Estar de ovo virado

É estar de mau humor sem motivo. A expressão veio das galinhas, porque é assim mesmo, ranzinzas e amuadas, que elas se sentem quando estão pondo um ovo cujo lado pontudo está virado opostamente a saída natural da galinha.
-------------------------------------------------------------------------------------------

Falar pelos cotovelos

O chato alem de falar sem parar, ficar cutucando o ouvinte com o cotovelo para mantê-lo acordado e atento. a expressão falar pelos cotovelos veio daí.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Fila indiana

A expressão veio do fato de que essa era a formação com os índios da America caminhavam pelas florestas, uns atrás dos outros.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Gato-sapato

"fazer de alguém gato-sapato" é maltratar uma pessoa, desprezá-la.
A expressão teria vindo da situação mais cruel para um gato: ficar dominado sob a pata de um cão, ou seja, um "gato sob pata". "sob pata" se teria transformado em sopata (assim como "sob papo" virou sopapo e "sob pé" virou sopé).Mas a palavra "sopata"foi rapidamente substituída por "sapato" porque era a palavra mais parecida com "sopata", que ninguém conhecia, e também porque sapato rima com gato.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Gol de placa

Em 1961, o santo jogava contra o fluminense, no estádio do maracanã. Aos 41 minutos do segundo tempo (o Santos ganhava de um a zero),Pelé passou por seis adversários e fez um gol extraordinário.
Um jovem cronista esportivo da cidade de são Paulo sugeriu que seu jornal, "O Esporte", mandasse fazer uma placa de bronze para eternizar o gol. Aceita a sugestão, o jornalista encomendou a placa, pagou do seu bolso e nunca mais foi ressarcido. No domingo seguinte, a placa foi descerrada no saguão do Maracanã e surgia a expressão gol de placa.
O jornalista era Joelmir Beting. Posteriormente, ele diria: "Nunca fiz um gol de Placa, mas fiz a Placa do Gol.

-------------------------------------------------------------------

Mal e Porcamente

Originalmente a expressão era "mal parcamente". Fazer alguma coisa mal e porcamente significava fazê-la deficientemente e com parcos (poucos) recursos.
Como parcamente era palavra pouco conhecida, o uso popular substituiu-a por porcamente, esta sim muito conhecida e até apropriada ao que se queria dizer.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Meia-Tigela

O que tem valor insignificante é de meia-tigela.
A expressão veio da época da monarquia portuguesa. Ao povo da corte (criados, pajens, oficiais) que não morava no palácio servia-se comida observando as rações previstas no "Livro da Cozinha Del Rei". O manual estipulava a porção de cada um de acordo com a importância do serviço que prestava. E assim alguns ganhavam tigela inteira; outros, meia-tigela.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Negócio da China

É um negócio muuuito lucrativo.A expressão se originou das viagens de Marco Pólo ao oriente, no século XIII. A divulgação de sua narrativa deu á China a reputação de uma terra de coisas exóticas, que seduziam os comerciantes e lhe traziam grandes lucros.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Onde Judas perdeu as botas

Judas Iscariotes (de cariote, uma aldeia de Judá) foi apóstolo que traiu Cristo por trinta moedas e depois se suicidou de remorso.
Judas nunca usou botas - elas só apareceram na idade media. Simbolizavam os viajantes, os romeiros, os andarilhos.
Nas pinturas, Judas aparece frequentemente de botas, porque os suicidas estariam condenados a caminhar para sempre, numa eterna jornada sem destino. Dessa forma, onde Judas perdeu as botas seria um lugar muito longínquo e desconhecido.
Modernamente apareceu uma expressão para designar um lugar ainda mais afastado: onde Judas perdeu as meias.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Puxar a brasa para sua sardinha

É levar vantagem exclusivamente em proveito próprio. Veio do espanhol arrimar el a su sardina.Antigamente trabalhadores que moravam em cortiços ganhavam sardinhas, que eles assavam no fogo que iluminava o ambiente. Quando os homens pegavam as brasas para suas sardinhas e o fogo se apagava, era muita briga e bate-boca no escuro. As discussões foram tantas que ficou proibido o ingresso de sardinhas nos cortiços.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Puxa – saco

A expressão veio da gíria militar. Puxar-saco era a ordenança que submissamente carregava os sacos de roupas dos oficiais em viagens.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Quebra galho

A expressão veio da umbanda. Exu é uma entidade espiritual, que ajuda, ora para o bem, ora para o mal.
Existem vários tipos de Exu, como o Exu-Caveira, que protege os cemitérios.
Se o objetivo é unir ou separar casais, o trabalho é feito com bonecos de madeira e a evocação do Exu adequado: o Exu quebra-galho, assim denominado por ser o dominador das matas.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Quinto do inferno

Na época das grandes navegações, quando em Portugal vinha chegando uma embarcação proveniente do Brasil, o povo dizia: "Lá vem a nau dos quintos do Inferno".
"inferno" era como os portugueses chamavam o Brasil. Os "quintos" se referiam ao imposto de 20% (um quinto) do ouro aqui extraído, cujo produto arrecadado (ouro mesmo) era levado para Portugal pelo mar.
Depois veio o xingamento de mandar alguém para os quintos do inferno.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Tirar o pai da forca

A expressão se refere a um milagre de Santo Antônio. Quando ele fazia seu sermão no convento de Acella, em Pádua, Itália, foi sobrenaturalmente avisado da condenação de seu pai, já a caminho da forca. Santo Antônio, então um frade, pôs a Mao na fronte, transportou-se espiritualmente para Lisboa, defendeu o pai perante um tribunal e absolveu-o. Seus ouvintes em Pádua tiveram apenas a impressão de um instante de silêncio em que o pregador parecia buscar palavras idéias.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Vá plantar batatas!

A expressão apareceu em Portugal, na segunda metade do século XIX. Ser operário numa fábrica era trabalho digno, moderno, motivo de orgulho para o trabalhador. A agricultura era tida como atividade secundária, braçal, para gente desqualificada, pouco inteligente. Dessa forma, mandar alguém plantar batatas era expedir o ofendido para o campo a fim de cuidar de trabalhos rudimentares.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Volta á vaca fria

É retomar um assunto.
A peça de teatro "A farsa do advogado Pathelin" apareceu no teatro Francês do século XV. Dela virou bordão muito popular uma expressão usada por um dos personagens, um juiz, quando, no julgamento de um roubo de carneiros, o advogado de um ladrão começava a fazer longas digressões. Dizia o juiz: "Sus! Revenons á ces moutons!" (Vamos! Retonaremos a esses carneiros!).
A expressão veio parar em Portugal e foi adaptada ao então costume lusitano de servir, antes dos pratos quentes, uma entrada de carne de vaca fria, á qual ninguém voltava.
Deixe um comentário, ou um trackback do seu próprio site.

0 Comentários para "Você Sabia?"

Postar um comentário

.

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translation

                                                               
Coloque seu endereço de E-mail:       Assine nosso Feed:

Comunidades

Uêba - Os Melhores LinksCentral Blogs Blog Directory & Search engineEntertainment Business Directory - BTS Local Agregar Web - Directorio de websBlogBlogs DigNow.org Vote no Fleex Add to Technorati Favorites VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

Amigos

Ultimas Visitas